Dependência ou morte!

Fala galera, tudo bom!? O final de semana tá chegando (glória a Deus) mas a correria continua, então vamos a postagem de hoje.

Você deve ter estranhado o título, afinal de contas desde que somos crianças ouvimos a “tia” Mariazinha (ou outra “inha” dessas que encontramos na estrada) dizer que Dom Pedro (Príncipe Regente) gritou às margens do Ipiranga: “Independência ou Morte”. Mas hoje eu vou falar um pouco do grito do jovem cristão! Quando somos crianças é uma beleza não é!? Nada de muitas responsabilidades, brincadeiras…essas coisas. Aí começamos a crescer e vem a adolescência trazendo conflitos e algumas dificuldades e com elas  começam chegar também as decisões a serem tomadas. Conforme o amadurecimento vamos acertando mais ou menos nas escolhas; na vida cristã também é assim, quanto mais crescemos em Deus e em sabedoria conseguimos tomar melhores decisões. Mas tem um momento na vida que é crucial, que parece que o resto da sua vida depende daquilo e que se você fizer a escolha errada pode se arrepender muito depois. Há um tempo atrás eu passei por isso, estava com muitos conflitos e indecisões. Nós passamos por isso por que na maioria das vezes não conseguimos (em meio ao turbilhão de problemas) enxergar que cada ESCOLHA constitui uma RENÚNCIA! Não dá pra ter tudo, principalmente na vida com Deus. “… a amizade do mundo é inimizade contra Deus…” lembra!? Pra fazermos escolhas é preciso ter certeza do que se quer, caso contrário nos arrependeremos. Quando falo de escolha lembro de Daniel, ele é um exemplo nessa questão.

“Daniel tomou a resolução de não se contaminar com os alimentos do rei e com seu vinho. Pediu ao chefe dos eunucos para deles se abster.”

Tudo que ele se propunha a fazer ele fazia e Deus o abençoava por isso. Uma pessoa que não é constante no que faz nunca vai conseguir alguma coisa (Tiago 1.7) e a constância na maioria das vezes é questão de decisão por que, muitas vezes, você vai enjoar da escola, faculdade, seu cônjuge, da sua igreja e a única coisa que vai te fazer continuar é aquilo que você determinou em seu coração, o que você decidiu!

Depender de Deus nos faz livres

E enquanto o mundo escolhe gritar sua INDEPENDÊNCIA confundindo liberdade com a libertinagem que aprisiona, o jovem cristão tem que gritar a levar a bandeira da DEPENDÊNCIA de CRISTO e a liberdade que Seu sangue nos traz. Somos livres pra fazer nossas escolhas sem as cadeias do pecado pra nos amarrarem à uma condição! Não devemos ter vergonha de depender de Deus nem medo. Quando dependemos de Deus podemos descansar por que Ele nunca vai falhar, nunca vai se atrasar, nunca vai deixar de cumprir aquilo que prometeu! Desansar é confiar cegamente, não duvidando em hipótese alguma de que determinada coisa acontecerá, é ter por certo como se já tivesse acontecido!

E se você ainda não deu seu grito de dependência, faça! Peça a Deus que tome toda a sua vida e descanse n’Ele…que Ele não te abendonará.

Deus NOS abençoe, Yan de Oliveira!

Anúncios

3 pensamentos sobre “Dependência ou morte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s